Dívidas com cartão de crédito e agora?

Dívidas com cartão de crédito é algo que nos tira o sono, não é mesmo?! 

Nossa economia infelizmente não está lá essas coisas, em meio a uma pandemia jamais vista, muitos negócios pararam de funcionar e/ou teve sua redução, mas, as contas não pararam de chegar, aliás elas aumentaram. No meio disso tudo, o nosso quadradinho, conhecido cartão de crédito, foi a salvação para muitos de nós. 

Mas a fatura chega né, e agora? Você, como muitos brasileiros, deve estar se perguntando, e agora? Estourei os limites e não tenho que pagar. 

Atualmente, as instituições financeiras possuem vários canais de negociação, e nesse momento o importante é você saber de fato o quanto está devendo. 

A partir desse ponto, traçar uma estratégia de renegociação dessa dívida, é importante saber que infelizmente os cartões de crédito possuem a maior taxa CET do mercado. 

O que é essa CET?

CET é custo efetivo total, uma comparação rápida, o CET de uma alienação fiduciária tem uma média de juros de 28% a 35% ao ano, enquanto o cartão de crédito pode chegar até 300% ao ano. 

É, a diferença é enorme, por isso se torna uma bola de neve tão rápido.  Em algumas situações, nem vale a pena pagar o mínimo, por isso é importante ter alguém especialista na área para te instruir melhor. 

Mas calma! Não se desespere! Tudo tem um jeito na vida, a Corta Juros, pode te ajudar nesse momento tão delicado, e como ela faz isso?

Nosso time, é composto por  uma equipe de especialista em negociações de débitos, sabemos como cada Instituição Financeira trabalha, qual a média de juros aplicada, dessa forma, montamos uma estratégia de negociação e te informamos um tempo médio que isso pode perdurar, assim você tem um tempo pra se organizar e se ver livre desse débito. 

 

Deixe uma resposta