É possível Transferir veículo com alienação fiduciária?

É possível Transferir veículo com alienação fiduciária?

A alienação fiduciária trata-se de quando a propriedade do automóvel é de uma instituição financeira que cedeu a quantia para compra via financiamento.

A posse, por sua vez, é de quem realizou a compra do veículo com esse valor e obterá a propriedade definitiva do bem quando quitar o financiamento. Isso é feito por meio de um contrato, em que constam direitos e obrigações da instituição financeira (credor) e da pessoa que deseja comprar o automóvel (devedor ou alienante).

A transferência de propriedade é bastante comum, como alternativa para o financiamento de veículos. O automóvel em alienação fiduciária não impede o dono de usufruir do bem como quiser, já que continua com a posse direta. Mas, para isso, uma das partes envolvidas na negociação precisa quitar a dívida com a empresa credora para então a propriedade deixar de ser garantia e poder ser vendida.

Então, basicamente há duas opções para vender ou comprar carro alienado:

Liquidar o contrato: o novo proprietário pode optar por liquidar o contrato em andamento com dinheiro próprio ou realizar um Interveniente Quitante (IQ). O IQ é um procedimento realizado pelas instituições financeiras em que o imóvel a ser usado como garantia já é garantia de outro financiamento ou empréstimo. Portanto, a nova empresa onde o contratante quer solicitar crédito quita a dívida anterior e só depois pode alienar o veículo.

Antecipar parcelas: nesse caso, o dono atual do bem adianta as parcelas e quita tudo antes de entregar o veículo. Normalmente, antecipar o pagamento torna o valor final mais barato, já que acumula menos juros. Assim, o novo proprietário fica responsável apenas por saldar o valor do carro em si, não do débito com a instituição financeira.

Nós da  Corta Juros, compramos sua dívida, Fale conosco:  https://www.cortajuros.com/

Deixe uma resposta